Eco Diagonistica

Detecção de anticorpos pós-vacinação

Nossos testes podem ser utilizados em pacientes que tomarem a CoronaVac para avaliação da imunidade pós vacina

O plano nacional de imunização (PNI) irá utilizar pelo menos duas vacinas, Coronavac e AstraZeneca/Oxford.
A CoronaVac, produzida em parceria com o Butantan, utiliza o vírus inativado. Por isso, contém todos os antígenos virais na sua composição, e, sendo assim, podemos utilizar testes que usam tanto a proteína S quanto a proteína N como alvos da detecção de anticorpos.
O COVID-19 IgG IgM ECO Teste e o COVID-19 IgG IgM Combo ECO Teste utilizam a proteína N. Ambos os testes serão utilizados em validações pelo Brasil com pacientes que tomaram a CoronaVac. Os testes poderão ser utilizados, inicialmente, 30 dias após a primeira dose vacinal. No entanto, estudos mais completos e elaborados são necessários para determinar com mais clareza a dinâmica dos anticorpos pós vacinação.
A aplicação de testes de anticorpos servirá em 2 frentes. Primeiro, porque será útil para verificar a imunidade da população e, segundo, porque precisaremos monitorar em termos científicos e médicos, a duração da resposta e da titulação de anticorpos contra a COVID-19.

ACOMPANHE A ECO