Eco Diagonistica

Sangue Oculto nas Fezes QUANTITATIVO e sua importância

De acordo com a OPAS (Organização Pan-Americana da Saúde), o câncer é a segunda principal causa de morte no mundo e é responsável por 9,6 milhões de mortes em 2018.

Cerca de 1/3 das mortes por câncer se devem aos cinco principais riscos comportamentais e alimentares: alto índice de massa corporal, baixo consumo de frutas e vegetais, falta de atividade física e uso de álcool e tabaco.

O câncer colorretal é o terceiro tipo de câncer mais comum no mundo com 1,8 milhão de casos e o segundo mais comum como causa de morte (862 mil mortes).

O Instituto Nacional de Câncer (INCA) estima 17.380 casos novos de câncer de cólon e reto em homens e 18.980 em mulheres para cada ano do biênio 2018/2019 no Brasil.

 O câncer de cólon e reto em homens é o segundo mais frequente na região Sudeste (23,29/100 mil) e o terceiro na região Sul (22,17/100 mil) e Centro-Oeste (19,95/100 mil). Para mulheres, a incidência é semelhante: é o segundo mais frequente na região Sudeste (23,86/100 mil) e Sul (22,92/100 mil). Nas regiões Centro-Oeste, Nordeste e Norte é o terceiro mais frequente.

A mortalidade por câncer pode ser reduzida se os casos forem detectados e tratados precocemente. Quando identificado precocemente, o câncer pode responder melhor a um tratamento e resultar em uma maior probabilidade de sobrevivência, menor morbidade e um tratamento menos dispendioso.

Para o câncer colorretal, o rastreamento possibilita que os pólipos sejam diagnosticados e retirados antes que possa desenvolver o câncer. O rastreamento, também, possibilita que a doença seja diagnosticada precocemente, quando é mais fácil de ser tratada e curada.

O diagnóstico correto do câncer é essencial para um tratamento adequado e eficaz, porque cada tipo da doença precisa de um tratamento específico. O objetivo principal é curar o câncer ou prolongar a vida do paciente de forma considerável. Outro objetivo importante é melhorar a qualidade de vida do paciente por meio de cuidados paliativos e apoio psicológico.

A ECO Diagnóstica possui o kit para detecção e QUANTIFICAÇÃO de hemoglobina (Hb) em amostras fecais. O kit ECO F FOB é um teste de imunoensaio fluorescente altamente sensível de procedimento fácil e com apenas 5 minutos quantifica o nível de Hb humana em amostras de fezes. O kit possui ferramenta de coleta de amostra rápida, prática e conveniente com etiqueta de identificação e embalagem ziplock.

O kit pode ser lido em qualquer modelo de aparelho da plataforma F-Line, chegando a produtividade de até 60 testes/hora com o ECO Reader F2400.

Para maiores informações fale com um de nossos consultores: 55 (31) 3653-2025 / contato@ecodiagnostica.com.br

 

Fonte:

OPAS Brasil: https://www.paho.org/bra…/index.php?option=com_content&view=article&id=5588:folha-informativa-cancer&Itemid=839

INCA Brasil: http://www1.inca.gov.br/estimativa/2018/mapa-colon-reto.asp

ACOMPANHE A ECO