Eco Diagonistica

Período de chuva e leptospirose

Com o aumento do volume de chuva, enchentes e inundações, o número de casos de leptospirose também aumenta.

Durante esse período, a urina dos ratos e de outros animais (boi, porco, cavalo, cabra e ovelhas) mistura-se à água e à lama. A bactéria do gênero Leptospira penetra no corpo humano pela pele, principalmente por arranhões ou ferimentos, e também pela pele íntegra, imersa por longos períodos na água ou lama contaminada.

No ano de 2017 foram confirmados mais de 2.700 casos da doença no Brasil com aumento de 298 para 432 casos na região Nordeste e de 461 para 512 casos na região Norte1.

A doença apresenta elevada incidência, alto custo hospitalar e perdas de dias de trabalho, além do risco de letalidade, que pode chegar a 40% nos casos mais graves2.

O período de incubação da leptospirose dura, em média, de cinco a 14 dias. Em alguns casos, a doença pode ser assintomática. Quando ocorrem, os sintomas podem ser confundidos com sinais da gripe ou dengue, como febre, mal-estar, dores de cabeça e muscular.

Os sintomas, em geral, desaparecem após 3 ou 4 dias da manifestação. Dependendo do caso, porém, ela pode evoluir para a Síndrome de Weil, forma grave da doença. Nessa fase, as taxas de mortalidade são elevadas.

Por apresentar sintomas semelhantes à gripe, dengue, malária e hepatite, o diagnóstico diferencial para confirmação do quadro é de extrema importância.

A ECO Diagnóstica possui o teste Lepstopirose IgG/IgM ECO Teste para detecção imunocromatográfica de anticorpos IgG/IgM contra a bactéria Leptospira em amostras de soro, plasma e sangue total venoso e capilar. O teste de fácil procedimento libera resultado em apenas 15 minutos com sensibilidade superior a 99% e especificidade superior a 97%.

 

Para maiores informações fale com um de nossos consultores: 55 (31) 3653-2025 / contato@ecodiagnostica.com.br.

 

Fonte:

1 Tabela: Casos confirmados de Leptospirose no Brasil e grandes regiões de 2000 a 2017. Sinan/ SVS/MS. Disponível em:  http://portalarquivos2.saude.gov.br/images/pdf/2018/marco/09/Leptospirose-2000-2017-casos.pdf

2 Ministério da Saúde: http://portalms.saude.gov.br/saude-de-a-z/leptospirose

3 Faculdade de Medicina da UFMG: https://site.medicina.ufmg.br/inicial/leptospirose-entenda-prevalencia-transmissao-e-tratamento/

ACOMPANHE A ECO