Eco Diagonistica

Mortes por gripe no Brasil chegam a 339 até junho deste ano

Conforme boletim do Ministério da Saúde, aumentou a circulação do vírus influenza nos estados do Paraná, São Paulo e Amazonas.

O número de mortes causadas pelo vírus da gripe no Brasil em 2019 chegou a 339 no dia 28 de junho, segundo o Ministério da Saúde. As últimas semanas de análise observaram um aumento da circulação do vírus influenza no Paraná, no Amazonas e no estado de São Paulo.

As mortes, registradas no boletim epidemiológico da Semana 23, se referem à Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) provocada pelo vírus influenza.

No total, foram 1.576 casos de influenza registrados. Esses são os casos de gripe geralmente mais graves e, portanto, submetidos à análise laboratorial para identificar o subtipo do vírus

Até o momento, o subtipo mais comum no Brasil é o H1N1, com 66,7% desses casos confirmados. O segundo mais frequente é o H3N2, com 16,7% dos casos. Em seguida vêm o influenza B (11,2%) e o “influenza A não subtipado” (5,4%).

De acordo com o ministério, o Paraná é o estado com maior número de mortes neste ano: são 52 até o dia 28 de junho. O estado do Rio de Janeiro está em segundo lugar, com 41 mortes por gripe. O Amazonas registrou 35 mortes nesse período e São Paulo, 34.

Conheça o ECO F Influenza A/B  o imunoensaio de fluorescência para medição qualitativa de antígeno da Influenza em amostras de secreção nasofaringe.

Mais informações: (31) 3653-2025 ou contato@ecodiagnostica.com.br

Fonte: G1

ACOMPANHE A ECO